terça-feira, 11 de maio de 2010

A mulher do séc XXI


Antes de começar , gostaria de deixar bem claro que esse texto não possui uma índole machista , pelo contrário , é um desabafo. Minha admiração pelas mulheres do séc XXI surge justamente quando resolvem lutar por direitos iguais, direitos dos quais foram privadas , injustamente, durante tantos anos. Direitos esses , que acrescentem algo a vida de vocês , que a façam crescer como pessoas , o que podemos realmente chamar de conquistas. O que não acho certo é lutar para conquistar o direito de exercer os mesmos erros já cometidos pelos homens desde tempos remotos (e até hoje) . Isso é um retrocesso !!! Para que se rebaixar a esse ponto ? em função disso , hoje temos essa merda (o termo tem de ser esse mesmo) toda que está aí: “mulher melancia” como símbolo de “mulher moderna” , mulheres que só querem “ficar por ficar” , azaração/curtição (sem querer compromisso sério) , enfim , mulheres que acham que ser moderno, ser cool , é transar e beijarr muuuuito. Isso é triste ...

O feminismo realmente transformou a humanidade. Se, por um lado, livrou as mulheres de todos os preconceitos , repressões machistas e socioculturais , por outro , acorrentou-as a um novo nicho de falsos valores (talvez até pior que o antigo): materialismo, vulgaridade, boemia, antipatia, infantilidade, futilidade, infidelidade, hedonismo desmedido, indiferença , desamor, insensibilidade e outros falsos valores , que parecem constituir a essência da chamada "mulher do século XXI" (relembrando: todos , erros já cometidos por homens desde tempos remotos e que não servem como exemplos a serem seguidos ).

O lado bom do processo feminista: a mulher conquistou sua liberdade financeira e emocional, adentrou o mercado de trabalho se mostrando competente no que faz, deixando pra trás aquele modelo de mulher submissa e sem estudos que ficava em casa cuidando de filhos, enquanto o marido trabalhava e tinha sua vida social. Hoje, felizmente ou infelizmente (cabe uma reflexão)* os direitos são iguais e foi a partir justamente do século XXI que a mulher foi à luta.

* Nas últimas décadas, houve muitas conquistas femininas e uma delas foi a liberdade sexual , a qual vivemos atualmente. A cultura também mudou: menos rigidez dos pais, cabeças mais abertas das pessoas. Passamos a ter mais possibilidade e facilidade de conhecer melhor pessoas diferentes , até encontrar aquela "perfeita" pra gente (liberdade de escolha). Mas as pessoas passaram a confundir as coisas. Com tanta facilidade, liberdade virou sinônimo de libertinagem. O que se vê hoje é uma total putaria (me desculpem, mas é esse o termo). Quase ninguém (seja homem ou mulher) se valoriza mais, acham que é a maior onda “pegar” 15 na mesma noite, ir pra cama com várias pessoas, cada uma em uma noite, ou mais de uma na mesma noite. Não sou nem quero parecer moralista , mas ficou muito difícil achar uma pessoa legal no meio à tanta putaria. Portanto, liberdade sim , libertinagem não!!!

E tudo isso sob o pretexto medíocre de "independência", de "emancipação". Assim, de fato, a "mulher moderna" se tornou completamente independente . Independente de suas virtudes mais lindas, peculiares e sublimes. Nós, VERDADEIROS * homens, não queremos "santas" (até porque , isso não existe !!!) , só queremos mulheres que sejam mulheres e não apenas se denominem como tal.

*repare bem o destaque dado a palavra VERDADEIROS , pois no geral , a maioria dos homens não prestam. São poucos os que se podem levar a sério. Novamente critico o erro de vocês , resolveram lutar pelo direito de poder repetir os mesmo erros dos homens. Para que isso ?? antigamente existia cerca de 70% homens canalhas e apenas 30% de mulheres desse naipe (acho até que exagerei na porcentagem). Veio o séc XXI , e após essa luta toda , hoje temos MEIO A MEIO (é isso mesmo , hoje não se faz mais distinção de quem é pior – 50% para cada !!!). A grande maioria são tão “cafajestes” quanto a maioria dos homens (sério mesmo , fico muito chateado com isso).

Contudo , acredito sinceramente que a VERDADEIRA mulher do séc XXI é a mulher mãe, esposa , amiga, companheira , a acima de tudo vista como mulher e não como um objeto de prazer , vista mais como um ser que pensa , que ama e acima de tudo quer ser respeitada como tal (e merece ser). Aquela que sabe ser sexy sem ser vulgar ( a VERDADEIRA mulher do séc XXI não precisa apelar). Qual é o segredo das mulheres que até na hora de beber um simples copo de água, esbanjam sensualidade e deixam os homens babando? elas sabem ser SEXY!!! E todo esse poder vem de dentro: elas simplesmente sabem que são sexy, sentem-se seguras e agem dessa forma. Ser sexy não significa usar roupas curtíssimas, decotadíssimas, justíssimas e sair lançando olhares de sedução por aí. Uma mulher tem que ser sexy , mas com elegância!!!

Assim que encontrar esse tipo peculiar de mulher, desejo e aguardo ansiosamente por esse dia, pretendo repetir os versos de uma música do cantor Belo, chamada “Valeu esperar", que diz: “Ah! valeu! valeu todo esse tempo por você esperar, valeu trocar paixões vazias por solidão, me guardei só pra você e em mim só dá você no coração... “ Enquanto esse dia não chega , prefiro continuar sozinho a me envolver com esse “tipinho moderno” (mas isso vai de cada um). Afinal , na minha concepção, ser moderno é tão démodé.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário